• Home
  • Questões frequentes

Questões frequentes

Ouvidos

  • Todas as pessoas que ouvem mal falam alto?
    Não. Existem situações como a otosclerose ou um simples rolhão de cerúmen que podem causar não um aumento mas sim uma diminuição do volume da linguagem. Isto deve-se ao facto de que o paciente se ouve bem a si mesmo, ouvindo mal apenas os outros.
  • As otites nas crianças são normais?
    Não são normais mas são mais frequentes. Muitas das situações devem-se a um aumento das adenóides, estruturas situadas por trás no nariz e em estreita relação com o tubo que liga o ouvido médio ao nariz (Trompa de Eustachian).
  • Devo recorrer ao médico sempre que o meu filho tiver dores de ouvidos?
    Muitas destas situações são causadas por infecções víricas, que curam espontaneamente, sendo apenas necessário o uso de antipiréticos e analgésicos. Se ao fim de dois dias a situação não se resolver, deve contactar o seu médico.

Nariz

  • A obstrução nasal de uma ou duas narinas é normal?
    Não. A respiração deve fazer-se preferencialmente pelo nariz. Respirar mais pela boca não é normal, podendo causar problemas de ventilação, principalmente de noite.
  • Devo usar gotas para desobstruir o nariz?
    Sem receita médica, está sempre contra-indicado o uso de gotas, que podem aliviar os sintomas de imediato, mas que com o decorrer do tempo apenas agravam a situação. O que está indicado são lavagens assíduas com soluções salinas.

Garganta

  • Qual a idade mínima para se operar as amígdalas?
    Não existe idade mínima nem máxima. A cirurgia só está indicada em casos especiais, que variam de doente para doente, devendo cada caso ser discutido com o seu médico Otorrino.
  • A rouquidão obriga a recorrer de imediato ao médico?
    Não. Uma rouquidão com a duração de uma semana, mas que melhora progressivamente não obriga a recorrer ao médico. No entanto, uma rouquidão, mesmo ligeira, mas que é progressiva e que não cede aos tratamentos convencionais (inalações, repouso de voz) deve ser avaliada por um especialista. Não está indicado o uso de medicamentos sem exames de observação directa das cordas vocais.

Cirurgia Estética

  • Por que não se deve apanhar sol após a operação?
    Os pacientes que apanham sol precocemente após uma cirurgia, estão sujeitos ao escurecimento das cicatrizes e ao aparecimento de manchas na pele, problemas difíceis de tratar e que comprometem o resultado.
  • As Cirurgias plásticas são isentas de riscos?
    Como qualquer ato médico, uma cirurgia plástica tem riscos, relacionados com a integridade física e a saúde do paciente. Para minimizar estes riscos, o paciente deve ser submetido a um minucioso interrogatório por parte do médico a respeito da sua saúde. São pedidos exames complementares que sejam necessários.
  • Vou ter uma boa cicatrização?
    Cicatrizes antigas podem ser um indicativo do padrão de cicatrização de uma pessoa. Independentemente de todo o cuidado técnico do cirurgião, existem pessoas que cicatrizam melhor que outras. Quelóides e cicatrizes hipertróficas são mais comuns em pessoas de ascendência negra, oriental e judia, mas não são exclusividade destes grupos raciais.
  • O que devo esperar da cirurgia plástica nasal?
    É fundamental que antes da cirurgia discuta com o seu médico cirurgião o que pensa do aspecto do seu nariz. Esperar que a correcção de um pormenor físico possa constituir a resolução de problemas emocionais ou afectivos é uma contra-indicação para a cirurgia estética nasal.
  • Qual a melhor altura para corrigir as orelhas de abano?
    Atendendo a que as crianças na idade pré-escolar e escolar podem ser motivo, e são-no frequentemente, de chacota dos colegas, criando muitas vezes problemas psicológicos difíceis de resolver, a cirugia plástica das orelhas deve ser realizada o mais precocemente possível (5-6 anos).
  • Os resultados cirúrgicos são garantidos?
    Todo procedimento médico é um ato que envolve uma certa dose de risco, inclusivamente quanto ao resultado de uma cirurgia. A escolha de um bom profissional, a boa saúde do paciente, uma boa indicação e execução da técnica mais adequada para cada caso, aliado aos cuidados do paciente em relação às recomendações médicas são factores que tendem a minimizar o risco de um mau resultado. Porém existem muitas outras variáveis relacionadas com aspectos constitucionais do paciente que muitas vezes não são previsíveis ou controláveis, como, por exemplo, características de cicatrização.
  • Quanto tempo demora até ser visível o resultado final de uma cirurgia estética?
    Depende da cirurgia em questão. Uma cirurgia estética ao nariz atingirá a sua melhor forma após 1 ano; no entanto, 1 a 3 semanas após a cirurgia, os resultados mais prováveis surgem. No caso da otoplastia, o resultado é usualmente visível uma semana após a cirurgia, o que coincide com a remoção da faixa.

Subscreva a nossa newsletter

Subscreva a nossa newsletter